Rádio Dinâmica FM
Publicidade
Timóteo/MG
Min.
Máx.
Áudios com ameaças aterrorizam moradores em Fabriciano
12/01/2018

Onda de violência na cidade pode ser motivada por guerra entre criminosos de dos bairros Santa Cruz e Manoel Maia

 
 
 

Ao que parece, criminosos dos dois bairros estão em disputa. Uma onda de assassinatos ocorreu na região onde os bairros estão localizados desde o primeiro dia do ano.

Nossa redação recebeu três áudios, que seriam de um criminoso do bairro Manoel Maia, que disfere ameaças, inclusive para o que chama de “inocentes”. No primeiro áudio, ele afirma: “Vocês vem aqui na quebrada e pegam inocentes aqui, moço. Vocês estão achando que tá bom, mas nós vamos pegar inocente aí também”, se referido, provavelmente, a moradores do bairro Santa Cruz.

divulgaçãoOnda de crimes começou depois que dois jovens foram mortos na Praça do Santa Cruz no dia 1º de janeiro

No segundo áudio, ele reforça a ameaça, com um tom mais violento. “Se nós quiser ir aí, entrar nessa Santa Cruz e matar uns 30 inocente, nós mata. Próximo dia que vocês virem aqui e der tiro em gente inocente aqui, nós vai pegar família sua, entendeu?”

Em outro trecho, o indivíduo faz referência aos dois jovens mortos no dia 1º de janeiro. “Vocês vieram aqui e pegaram dois meninos inocentes que nem em guerra se envolve não, entendeu? Mas não vai ficar por isso não”, declara.

As ameaças continuam. “Não vai ter sossego pra vocês não. Não vão mais vender droga no Santa Cruz. Época de vender droga acabou, agora vocês tão é na bala”, promete.

Resposta às ameaças
O terceiro áudio seria uma resposta de um criminoso do Santa Cruz às ameaças feitas nos áudios anteriores. Nele, o indivíduo, responde de forma violenta. “Você não oprimir o Santa Lu aqui não. Pode deitar na macaca que estamos em cima de você. Seu negócio era ficar lá no seguro, pagando de sujeito e agora você é maluco doido aí, no beco”, disse.

Em tom agressivo, ele ameaça a família do rival. “E o seguinte, vou pôr fogo na sua casa, com sua mãe, sua menina, com todo mundo junto. Nós vamos quebrar você, dar tiro dentro da sua boca. Nós vamos matar a sua mãe. Fica de bicho aí que nós fica de bicho aqui.”

Onda de violência
Conforme noticiado aqui no PLOX, dois jovens foram mortos no dia 1º de janeiro no bairro Manoel Maia. Na manhã do dia 2, um homem identificado como “Mosquito” foi morto a tiros no bairro Frederico Ozanan, vizinho ao Manoel Maia.

divulgação

No sábado (6), dois jovens foram baleados no bairro Santa Cruz, próximo a uma pracinha do bairro. Os dois receberam quatro tiros cada um.  Nessa quinta-feira (11), um rapaz de 19 anos foi morto em um bar no bairro Silvio Pereira I, que faz divisa com o Santa Cruz.

divulgaçãoMychel foi morto no SPI

CONFIRA A ÍNTEGRA DOS ÁUDIOS:
1 - “Qual é seus alemão cheio de graça. Aí, por que que vocês ficam aí, moço, desembolando piadinhas de Facebook e aí quando nós “pia” nessa quebrada sua aí, vocês não botam a cara. Ficam se escondendo aí. Tem que ficar na pista irmão, pra ver de qual é que é o bagulho. Porque vocês não “pio” aí ontem? Por que não colocaram a cara pra trocar tiro? Aí, nós vai “piar” aí. Vamos piar de novo no Tolentinho e vamos jogar vocês tudo fedendo, entendeu? Vocês é choque, rapaz. Seus alemãos da desgraça. Se preparem, bala de .40 e de 9mm não faz curva não, entendeu? Vocês vem aqui na quebrada e pegam inocentes aqui, moço. Vocês estão achando que tá bom, mas nós vamos pegar inocente aí também. Não pegamos nenhum pois não somos covardes igual vocês, entendeu? Seus matador de noiado. Mata nós, vocês tem que matar é nós. Nós tá aqui esperando vocês no miolo, entendeu? Não vai no Caladão não, lá não tem bandido não. Nós aqui no miolo, cá embaixo, perto do canto, entendeu? Vem aqui pra nós trocar gostosinho. Vem com essa 9 de nove tiros e vocês vai trombar com outra 9 pra ver de qual que é, qual que ‘cospe’ mais.

2 – “O irmão e outra, zé, não pensa que vocês pego bandido aqui na quebrada não, porque vocês não pego bandido aqui não, entendeu? Vocês pego foi morador, menino que não se envolve, entendeu? Esses playboyzinho que fica fumando maconha em esquininha aí, entendeu? Nós estamos aqui do mesmo jeito, nós não pia em esquina não. Se vocês quiser pegar nós, vocês tem que cair pro labirinto, entendeu? Pra dentro dos bairro, entendeu? Não ficamos boiando em esquina não, nós não é comédia não. Vocês tem que vir é de frente a frente pra nós ver de qual que é. Vem aqui, vocês ficam lá atirando em inocente, no irmãozinho no Caladão que tava voltando do serviço e pá, entendeu? Tá achando que nós é comédia? Se nós quiser ir aí, entrar nessa Santa Cruz e matar uns 30 inocente, nós mata. Próximo dia que vocês virem aqui e der tiro em gente inocente aqui, nós vai pegar família sua, entendeu? Família de qualquer um que nós ver aí. Nós não tem caô. Nós não tem lero-lero. Acha que a gente não sabe quem é que ta mandando aí não? A gente sabe que é o Dino, o João Paulo, entendeu? Nós vai dar um conselho, se vier aqui dar tiro em inocente, vamos parar aquele bairro dele é na bala, entendeu? Tô falando a real pra vocês. Se for pra pegar, pega gente que envolve. Se vir aqui dar tiro em inocente, nós vamos parar naquele bairro do João Paulo e vamos meter bala lá, matar todo mundo, entendeu? Tamo dando a real. Pega visão aí, cambada de desgraça. E bota a cara, nós aparece no Santa Cruz toda hora, porque não topamos com ninguém na rua aí? Fica na rua aí. Na pracinha onde vocês ficam aí. Fica aí e bota a cara. Chama nós pra gente trocar tiro, se nós não for, nós não é homem. Quando a gente subia no Santa Luzia, porque não víamos ninguém? Tava todo mundo em choque. Por que vocês não passam aqui pra nós furar vocês tudo? Chega na quebrada aqui pra vocês ver. Lucão deu sorte que a 9 engasgou na cara dele. Senão você ta ligado, iam ser dois finados. Só não demos mais tiro a tarde porque viram a gente lá em cima. Aqui não é covarde, irmão. Por isso que nós parou e deixou ele viver. Mas não tem caô não, nós vai te pegar. Aqui não é comédia não, nós vai pegar. Vocês vieram aqui e pegaram dois meninos inocentes que nem em guerra se envolve não, entendeu? Mas não vai ficar por isso não. Não vai ter sossego pra vocês não. Não vão mais vender droga no Santa Cruz. Época de vender droga acabou, agora vocês tão é na bala. Se vocês quiserem brotar aqui, vocês brotam aqui. Nós ta aqui toda hora. Ou então vocês marcam com nós que nós pia aí pra ver de qual que é.

3 – “Ae, Bruno te dar um papo reto, você ta achando que você está no meio do covil e está de boa, não está não. Você não oprimir o Santa Lu aqui não. Pode deitar na macaca que estamos em cima de você. Seu negócio era ficar lá no seguro, pagando de sujeito e agora você é maluco doido aí, no beco. Pode ficar de cão aí, doido, que nós vamos pegar você também, tá? Vai ficar assim não. Vem de bonde aqui e você vai ver se o bonde do Santa Cruz não vai descer e queimar todo mundo. Aqui é o primeiro comando do Santão. Vocês acham que estão armados? Nós também estamos. E o seguinte, vou por fogo na sua casa, com sua mãe, sua menina, com todo mundo junto. Nós vamos quebrar você, dar tiro dentro da sua boca. Nós vamos matar a sua mãe. Fica de bicho aí que nós fica de bicho aqui.”

 

Fonte: Plox
Super Hits
14:00 as 15:00
Publicidade
Peça a sua música!
Envie seu Pedido Musical preenchendo todos os dados abaixo:
Atendimento
- Timóteo/MG
Ligue agora
(31) 8789-5738
Horário de atendimento
08:00 AS 18:00 HS